terça-feira, 21 de junho de 2011

Resumo da Obra

    O Livro Íliada conta uma história de traição e guerra.

    Um dia antes de Páris nascer sua mãe sonha que Tróia era destruída por um imenso incêndio.Então Hécuba mãe de Páris apavorada conta a seu marido o rei de Tróia, Príamo, que também se apavora e acabam consultando um oráculo. O oráculo diz que a criança não pode nascer porque isso levaria a ruína de Tróia.Então quando ele nasce seus pais o entregam para um pastor que deveria levá-lo para para bem longe do palácio e mata-lo, para que a profecia não se realizasse. Mas o Pastor desobedecendo Príamo não matou o garoto, mas sim o levou para sua casa e cria-lo como seu próprio filho.Anos depois o destino leva o garoto até o palácio e seus pais o reconhecem e o recebem de braços abertos.Para se adaptou rapidamente a vida palaciana. Mas desde o dia em que ele viu  Helena ele disse que casaria-se com ela. Porém Helena era mulher do rei de Esparta, Menelau, um dos mais poderosos reis. Então Páris toma a decisão de ir atrás de Helena. Ele sobe no barco com sua frota e vai até Esparta atrás de Helena. Quando chega la Páris e recebido de braços abertos pelo rei, que nem imaginava seus planos. Então um dia que todos estavam em festa Páris subiu até o quarto do rei, pegou Helena e o tesouro de Esparta e levou para Tróia. Quando Menelau vê que Helena desapareceu e Páris também, imediatamente ele declara Guerra entre Esparta e Tróia.

    Menelau manda todos os seus homens, uma frota de mais de 50 Navios. Aquiles era seu melhor Guerreiro Filho de Zeus ele era imortal.O Navio de Aquiles foi o primeiro a chegar, com cerca de 20 homens Aquiles e seu batalhão mataram tudo que viam pela frente. Menelau e seus Guerreiros acharam que a Guerra não seria muito longa pois eles estavam em um número muito maior, mas eles se enganaram a Guerra duraria mais de 10 anos. Quando todos os homens de Menelau chegam a praia do reino de Tróia ele vão direto para os muros para tentar derrubar os portões com mais de 7 metros de altura e 20 centímetros de espessura. Eles não conseguiram derrubar os portões mas tiveram uma ideia brilhante que foi a de cercar o reino para não deixar ninguém sair, pois quando acabasse os suprimentos eles começariam a morrer de fome e sede.Mas eles não fecharam um lugar que era em uma floresta atrás do reino que havia uma fonte de Água pura e era por ali que os espiões de Príamo passavam. Mas um dia um dos soldados de Esparta percebeu a movimentação na floresta e foi até la para ver o que era ele viu que era uma passagem dos Troianos para fora do reino. Então um dia Briseide amiga de Aquiles e tomada por Agamenon que é um dos chefes. Depois disso Aquiles decide se retirar da Guerra pois ele não tem nada contra os Troianos.

    Um dia então Menelau decidiu desafiar Páris para uma batalha, quem ganhar fica com a Helena e a guerra acaba. Páris aceitou apesar de estar co muito medo. Então Páris sai de trás da muralhas de Tróia e vai em direção a Menelau. Então Páris arremessou sua lança, que se prendeu ao reforçado escudo de Menelau. Na sua vez Menelau pediu a Zeus (o mais poderoso de todos os Deuses) que guiasse sua mão ao coração do jovem traidor. Então ele arremessa sua lança, que atravessa o escudo de Páris que ainda escapou da morte. Então eles se enfrentam com as espadas. Menelau acertou o elmo de Páris mas sua espada de partiu em muitos pedaços. Então Afrodite ( Deusa do amor) cobre a arena com uma espessa neblina fazendo com que Menelau  perdesse Páris de vista. Então depois disso Agamenon gritou:
- A luta acabo! Venceu Menelau! Devolvam, portanto, Helena e o tesouro de Esparta. Mas o troianos não concordaram com a decisão de Agamenon, pois Páris estava mais vivo que o próprio rei de Esparta. Então Heitor (Irmão de Páris) é desafiado por Ajax (Um dos chefes). Heitor um toda a sua coragem e destreza foi a luta, ele saio do reino e foi em direção a Ajax. E logo em seguida Heitor arremessou sua lança que parou no escudo de Ajax. A lança de Ajax por sua vez atravessou o escudo de Heitor e o atingiu de raspão no pescoço. Então eles arremessaram sua lanças novamente Heitor novamente não acertou Ajax e o mesmo também errou. Então Zeus interferiu na batalha e disse que era para pararem que já era noite.

    Então Agamenon toma a decisão de devolver Briseide a Aquiles em pedido de desculpas e pediu para que ele voltasse a Guerra. Então os troianos tiveram a brilhante ideia de botar fogo nos navios inimigos, mas não seria uma missão fácil.Então Heitor se lembra que eles tem um túnel que sai bem próximo de onde os barcos estão, então eles vão até o final do túnel e quando chegam la o túnel estava fechado com pedras. Então eles voltam ao palácio e na madrugada do outro dia eles vão bem devagar pelo túnel tentando chegar as pedras. Quando eles chegam la, com toda a delicadeza eles começam a remover as pedras e abrirem sua passagem para os navios. Quando eles terminam todos sobem mas havia uma tenda na frente deles fechada de guardas então Heitor passa correndo por um lugar onde não tinha nenhum guarda e vai em direção aos navios. E seus amigos entram na barraca aonde estão os lideres e chefes. Agamenon e o único atingido na mão o resto fugiu.Quando eles saem para fora veem Heitor com uma tocha na mão botando fogo em um de seus navios. Então rapidamente Heitor e seus amigos fogem deixando os inimigos para trás e sem ninguém ver entram no túnel retornando para a palácio. Então os troianos decidem atacar os espartanos. Aquiles estava dormindo no momento do ataque e seu amigo Pátroclo estava sua armadura e quando viu a movimentação em direção as muralhas de Tróia foi sem lembrar que estava com a armadura de seu amigo Aquiles, o mais odiado por os troianos. No meio da batalha Heitor viu Pátroclo pensando que era Aquiles e foi em direção a ele. Com poucas espadadas Heitor mata Pátroclo o amigo mais amado por Aquiles.Então Menelau enviou Antíloco com a missão de informar Aquiles sobre a morte de Pátroclo, quando Aquiles recebe a noticia ele começa a chorar. Então Aquiles com sua fúria insaciável faz todos os guerreiros de tróia recuarem para dentro das muralhas, mas Heitor se recusou e Aquiles vinha em direção a ele, Heitor não se moveu nenhum passo enquanto esperava por Aquiles. Então logo que Aquiles chega a frente de seu inimigo atira sua lança e erra mas Atena ( Deusa da guerra ) recolhe sua lança e a devolve. Heitor lançou sua lança que chocou-se com o reforçado escudo de Aquiles e foi ao chão. Então Heitor pega sua espada e pula encima do adversário. Ele usava a belíssima armadura arrancada do corpo de Pátroclo. Aquiles sentiu seu ódio crescer e sem piedade crava sua lança no pescoço do oponente, único ponto exposto.

    A morte de Heitor frustou o troianos a ponto de que sequer cogitavam deixar a cidadela. Etiópe era filho de Tétis amigo de Priámo um dos maiores guerreiros já vistos. Aquiles e ele entram em uma batalha tremenda, diziam que era a primeira vez que Aquiles enfrentaria alguém à sua altura. Etiópe o ferio na mão em resposta Aquiles o ferio no ombro. E, ao final, a vitória coube ao filho de Tétis. Então Ulisses ( um dos chefes) teve a ideia que daria a vitória a Esparta. Eles construiriam um cavalo de madeira com capacidade para cerca de quarenta soldados, que eles deixariam como um premio pela vitória da guerra, enquanto os troianos achassem que ganharam a guerra os Espartanos esconderiam seus navios em uma ilha próxima, e quando eles vissem o sinal de fogo voltariam a praia e atacaria Tróia. Então eles construíram o cavalo e botaram seu plano em ação os Troianos realmente pensaram que tinham ganhado a guerra e pegaram o cavalo como recompensa. Então os troianos comemoram bebendo muito e quando era de madrugada os espartanos abriram uma portinha pequena que havia na barriga do cavalo, e desceram matando tudo e todos. Botando fogo em tudo, então um dos espartanos subiu até a torre do reino e pois fogo em um monte de palha. Então todos os espartanos foram para o reino de tróia dominando-o e assim vencendo a batalha de mais de dez anos.

Moral da História

Devemos pensar duas vezes antes de fazermos algo errado, pois se isso envolver outras pessoas pode acabar levando a "Guerra". A traição e a mentira não levam a nada.

11 comentários:

  1. muito boa essa história e o resumo fico muito bom também, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, porém existe alguns erros ortográficos.

    ResponderExcluir
  3. Depende, se a guerra e a traição forem por algo que valha a pena!!!

    ResponderExcluir
  4. E detalhe, Aquiles não era filho de Zeus, e sim de Nereida e Peleu e nunca foi imortal, era sim um ótimo guerreiro, tanto que foi morto por uma flechada.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente, a história está bastante distorcida. Melhor reler o livro.

    ResponderExcluir
  6. Outro detalhe Antonio, Aquiles era imortal sim, apenas o calcanhar que era a parte mortal dele tanto que por uma flechada no calcanhar ele morreu!

    ResponderExcluir
  7. melhore seu portugues porfavor, mas o resumo ficou bom

    ResponderExcluir
  8. O resumo não saiu do contexto da história mas em tal objeto, quando se percebe erros, desvia a atenção do leitor e o faz-se achar que a leitura é mentirosa. Seria bom revisar os erros ortográficos e também a constante repetição de certas palavras.

    ResponderExcluir
  9. aprende a escrever direito por favor ai vc publica alguma coisa na internet

    ResponderExcluir
  10. Aprendem vcs a n serem tão grosseiros! E mais uma coisa Daniel Cabral, Atena é deusa da guerra sim, mt gente esquece, mas Atena é deusa da guerra e da sabedoria, por favor pensa antes de dizer algo que pode magoar pessoas! Criticar pelo texto tar errado tudo bem, mas xingar pessoas que vc n conhece já é outra coisa, e também a internet é uma plataforma para pesquisas, e outras coisas, é para ser usada devidamente e não para xingar pessoas!

    ResponderExcluir